13 de jan de 2013

O seu desejo



Há pouco,  sucesso,  me desejou.
Mas quando tudo se concretizou,
Simplesmente, você me deixou.
E a porta fechou.

Eu não parei.
E mesmo sem sua presença,
Eu continuei.
Não me prendi em sua ofensa.

Mas a culpa não foi minha.
Do sucesso que me desejou, me arrependo.
E você eu não compreendo.

Não acredito mais em você.
Nem quero mais saber
E não vou mais, por você, sofrer.

Márcia Alcântara
Verão 2013