5 de jan de 2013

Do Alfabeto

Lamento que o alfabeto
Não possua cores.
Para expressar
O colorido do sentimento,
E as cores dos amores.

Lamento que o alfabeto
Não possua aromas.
Para exalar
O perfume que
Vem das flores.

Lamento que o alfabeto
Não possua magia.
Para transformar
Meus escritos
Em pura Alegria.

Lamento que alfabeto
Não possua sabor.
Para os escritos de amor
Passar á você
Todo o meu calor.

É puro lamento
Que a razão sempre
Invada os sentimentos.

Márcia Alcântara
Verão 2013