14 de mar de 2011

Homenagem a Sócrates

Oh! Santo Sócrates...
Ajude-me a ser sábio
E que de posse de tal sabedoria
Eu saiba reconhecer meu próprio ser...
E quando conseguir esta maravilhosa façanha
Que eu consiga entender
Que nada sei, que tudo é aprendizado...

Que com sua ajuda a me iluminar
Dentro dessas trevas do nada saber
Eu possa indagar sempre
E a nada, nada responder
Apenas concluir que simplesmente
Não sei!

Que eu possa dialogar usando a razão
E que eu seja entendido com clareza por todos.
Que eu seja virtuoso em meus diálogos
Que eu seja como tu,
O caminho para as mensagens dos Deuses
Pois sinto que eles existem!
E que, talvez estejam entre a “infinitude”
Do Céu e da Terra.

Santo Sócrates...
Que eu não seja castigado por
Simplesmente não saber, por não
Compreender nem a tudo e nem a todos.

Santo Sócrates... Guerreiro
Interceda por mim junto a Zeus,
Sei que és amigo dos Deuses
Pois estes reconhecem tua
Imensa sabedoria...grande sabedoria!

Que eu seja humilde para
Reconhecer meus defeitos, meus erros.
Que assim seja para todo o sempre de minha
Insignificante existência!


Márcia Alcântara
outono de 2006