30 de mar de 2010

Jogado!

Para Mim mesmo...

Hoje me encontro perdida.
Como o cachorro que corre atrás
Próprio rabo!
Estou eu a procura de mim mesmo.

Me perdi. Estou jogado.

Jogado num mundo desconhecido.
Jogado numa cultura que não é a minha.
Incógnita! Assim sou eu
Quando me olho no espelho
Quando me vejo na menina de seus olhos.

Quem sou eu?
Não tenho mais onde encontrar respostas.
Será que esta há? Estou desreferenciado.
Sei lá!

Jogado. Assim me sinto, assim me encontro!
Na minha vida, na sua vida.
Jogado. Assim estou.
No meu corpo, no seu corpo.

Jogado no mundo.
No seu mundo que é o meu mundo!
Quem somos nós?! Sei lá.
Jogado é assim que estou.

Márcia Alcântara
Outono 2010

Paz, Luz e Harmonia!

Adotei esse lema a mais ou menos sete ou oito décadas. Faz parte de um mantra/música de Tomaz Lima, o Homem de Bem. Coincidentemente também foi a época em que me iniciei na magia.

Achei nestas palavras algo que me fizesse ser um pouco mais feliz. Se talvez eu sentisse todas estas coisas, seria eu melhor.

Mas enfim, nem sempre é assim. Que elas, as palavras tragam paz, luz e harmonia á mim e quem á quiser.

Estou relatando isso por que me foi perguntado o "porque" dessas palvras. E como muitos vivem de "porqueres" ai segue a resposta. É engraçado por que muitos que estão a procura desses "porqueres" muitas vezes não o encontram. rs, será eu um destes seres? engraçado isso.

Márcia Alcântara

Outono cinzento de 2010