31 de ago de 2008

Sonho

Ouço por um chamado
Mas não identifico
De onde vem...
Fico em meus sonhos
Sou um sonho
Sou um sonhador.
Olho as estrelas, sonho.
Vejo a Lua, sou então um sonhador.
O dia nasce, o Sol brilha
Me aquece, ainda escuto um chamado
Mas continuo apenas a sonhar.
A tarde vem e a chuva cai,
Molha a terra, o verde se alegra
Continuo a sonhar...
O vento frio sopra,
As folhas das arvores
Chacoalham em festa
E voam dançando pelo ar
Elas se vão, parecem algo buscar
E eu continuo a sonhar...
A Lua novamente surge
Linda e brilhante
Um pouco menor que antes
Continua acompanhada das estrelas...
E eu continuo aqui a sonhar
Ouvindo o chamado, o chamado
Da vida, a vida é um sonho...
sou um sonho, sou um sonhador!

Marcinha Luna
Manhã de inverno de 2008
Paz, luz e harmonia!