20 de jul de 2010

Amigo...

“Amigo é coisa para se guardar do lado esquerdo do peito”. Penso que dispensa maiores complementos. As palavras não ajudam a dizer nada sobre ti! Ah amigo, adorado, amável e companheiro...

Amigo! Comigo sempre!
Amizade! Fiel companheira.
Junto a ti sou feliz...
Aristóteles disse e eu comprovo,
Feliz daquele que amigo possui!

Não me deixe só!
Não somos ilhas...
Queremos momentos solitários,
Mas é ti que o pensamento traz
Quando o vazio se desfaz!

Ah! Amigo...

Como é difícil poetar a respeito de ti!
Cadê as palavras que quero dizer?
Amor, carinho, ternura...

Amizade, por interesse?
Por que não? Tu me completa!
Sem sua amizade nada sou!

Amizade e Prazer?
Por que não? E das mais
Variadas formas...
Contigo meu riso é de prazer
Por ter você comigo!

Mas o meu maior intuito:
Amizade e boa vontade!
Amor, carinho e reciprocidade!

Amigo! Tu és minha redoma!
És tu que me protege!
Sem tu, sou peixe fora d’agua...
Sou gato sem carinho...

Amizade! Frágil frágil...
Exercício de cuidado.
Mas sem tu nada sou!

Feliz dia do Amigo
Feliz dia da amizade,
Sincera!

Márcia Alcântara
Inverno de 2010